terça-feira, 17 de abril de 2007

Os estádios brasileiros estão prontos para a Copa 2014?

Existem muitas dúvidas entre os torcedores brasileiros sobre o estado dos estádios brasileiros. Eles atendem às exigências da FIFA? Como eles podem ser avaliados em comparação com os estádios europeus? Quais as cidades com mais chances para serem sedes da Copa 2014? A UTB encontrou dois dossiês na internet avaliando os estádios.
O primeiro é do GloboEsporte.com:
http://globoesporte.globo.com/ESP/0,,FL12488%20-4271,00.html
O GloboEsporte.com só fala sobre 13 estádios e nem inclui Brasilia e Maceió, que são cidades claramente favorecidas pela CBF.
O melhor dos dossiês é o do Lance!:
http://www.lancenet.com.br/especiais/estadios/
No ranking do Lance! são 24 estádios avaliados seguindo as exigências da FIFA. As matérias são bem extensas e sua leitura é altamente recomendável.
Nos dois sites os estádios Engenhão (RJ), Arena da Baixada (PR) e Morumbi (SP) recebem as notas mais altas. Mas é curioso, que os estádios Maracanã (RJ) e Mineirão (MG), receberam uma avaliação muito melhor no Lance! do que no GloboEsporte.com.

5 comentários:

Paulo Rená disse...

Aqui em Brasília há a expectativa de que o Mané Garrincha tenha seu anel superior finalizado caso a cidade seja confirmada como sede da copa.

Carneiro disse...

Em Curitiba nenhum estádio está preparado conforme os regulamentos e exigências da FIFA para estádios de Copas Mundiais. As pricipais deficiências são em questão a: estacionamento insuficiente, acessibilidade ao local (vias públicas e regiões de alta densidade residencial), e orientação geográfica inadequada (posição do estádio em relação ao sol). Além disso a Arena da baixada, hoje com capacidade para 23 mil pessoas, mesmo sendo completada comportaría no máximo 32 mil lugares no total, longe do mínimo de 40 mil lugares exigidos para jogos de Copa do Mundo (exigência dada pela Fifa por motivos comerciais).
O Site Coxanautas fez um estudo baseado nas informações contidas no regulamento oficial da FIFA, chegando à conclusão de que ou se faz um estádio novo ou inviabiliza-se a cidade como sede. Seguem os links:

http://www.coxanautas.com.br/noticia.phtml?id=13028

http://www.coxanautas.com.br/noticia.phtml?id=13032

Leonardo disse...

O dossiê do GloboEsporte já foi bom, mas agora está desatualizado em relação às últimas movimentações políticas que se referem à Copa no Brasil. Tem vários estádios que não teriam condição de sediar a copa nem com reformas, por conta da posição do gramado, estacionamentos e outros fatores.

Fora Onaireves disse...

Arena é o único em condições de segurança, diz PM

A Gazeta do Povo publicou, neste domingo, uma reportagem mostrando o que a Fifa espera das cidades que são candidatas a sede da Copa de 2014, sob vários aspectos, desde qualidade de vida até a qualidade do ar.

No item "Segurança", foi ouvido o o tenente-coronel da Polícia Militar Roberson Bondaruk, especializado em desenvolvimento urbano sustentável em segurança pública.

Para ele, no Paraná apenas a Kyocera Arena tem condições de receber uma competição internacional de peso – segundo avaliação da Comissão Paz no Esporte, que envolve o Ministério da Justiça e o Ministério do Esporte.

Mais um ponto para a Baixada.

Contra fatos, não há argumentos. Fica a pergunta: será que o Ricardo Gomyde ouviu os especialistas antes de ter a pachorra de indicar o Pinheirão à CBF? Ou ouviu apenas os seus companheiros Onaireves e Gionédis? Será que ele não se envergonha do que fez?

http://melhordoparana.blogspot.com/

Leonardo disse...

É, PM entende de norma da FIFA sim. O dia em que o A. Paranaense GIRAR em uns 60 graus o Meio-Lego talvez ele possa sediar uma Copa do Mundo. Enquanto isso os atleticanos vão ter que se contentar em sonhar com o término do paredão de squash.